Governador do Pará e presidente do Consórcio de Governadores da Amazônia Legal, Helder Barbalho está com agenda intensa em Brasília, e em reunião com Lula nesta sexta-feira (27) apresentou documento proposto pelo CAL. Para o desenvolvimento regional do bioma amazônico,…

O Papa Francisco nomeou o atual bispo da prelazia de Marajó (PA), Dom Evaristo Pascoal Spengler, bispo de Roraima (RR), que estava sem titular há um ano, desde a transferência de Dom Mário Antônio da Silva para a arquidiocese de…

Utilizar o futebol como ferramenta de transformação social para crianças e adolescentes de todo o Pará é o objetivo do projeto "Futebol Formando Cidadão", que será lançado neste domingo (29) no oeste paraense. A iniciativa é do Tapajós Futebol Clube,…

No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

O cerco aperta contra os mijões

Eis uma boa ideia que os vereadores e prefeitos devem copiar. A partir de hoje, quem urinar nas vias públicas de São Paulo vai levar advertência e multa de R$500, isoladamente ou em conjunto, a depender das condições pessoais do infrator e das circunstâncias de tempo, lugar e, digamos, modo de execução. O valor pode ser reajustado anualmente pela variação do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e o arrecadado será destinado ao Fundo Municipal de Limpeza Urbana. Urinar e defecar nas ruas do Rio de Janeiro também resulta em multa de R$ 510, desde 2015. A penalidade está prevista em leis de ambos os municípios. O Judiciário tem entendido esses casos como prática de ato obsceno em lugar público. Assim como acontece com quem joga lixo em lugar indevido, a multa é encaminhada ao atuado e caso o valor não seja pago, o nome do mijão é inscrito no Serasa. Bem feito!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *