0

No próximo dia 12, quando Belém completa 394 anos de fundação, a governadora Ana Júlia Carepa reinaugura o Museu do Círio. O projeto expográfico de revitalização utiliza mídias eletrônicas e imagens fotográficas mostrando a história, a lenda, as artes com o miriti, com a cera, a Festa da Chiquita, o Arraial do Pavulagem e o Parque de Diversão, proporcionando um espetáculo de cores e sons da grande festa paraense. O rico acervo é composto por 1.600 peças, além de outras 1.200 avulsas. Dedicado ao resgate, conservação e divulgação da memória da maior manifestação religiosa e popular do Pará, Patrimônio Imaterial Brasileiro pelo Iphan, o novo espaço funcionará no casario da rua Padre Champagnat, s/nº, no bairro Cidade Velha, em Belém.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Abrajet, do IHGP e do IHGTap, editora do portal Uruá-Tapera.

Uma Cabanagem cidadã

Anterior

Tragédia em boate

Próximo

Vocë pode gostar

Mais de franssinete

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *