0

A escritora Marcia Duailibe Forte lança “Belém – uma cidade amazônica” no próximo dia 30, no foyer do auditório David Mufarrej, da UNAMA, com apoio cultural da Leal Moreira, a partir das 17h.

Marcia conta: “Aqui tem lembranças da minha infância, assim, me aproximo dos meus leitores. Sou mais uma apaixonada por Belém, e levar para meus pequenos um pouco de cada cantinho dessa cidade, falar sobre as praças, a culinária, a arte, o cheiro da chuva, as frutas, enfim, sentir Belém como ela é, me causa um imenso prazer.”

A escritora já teve uma obra chancelada pelo MEC – “Os três porquinhos e o lobo esportista”, selecionada para o Programa Nacional do Livro Didático – PNLD com aquisição de mais de 48 mil cópias e ganhou também lançamento exclusivo no Leiturinha com mais de 3 mil cópias.

É autora de “Nas entrelinhas do Hino Nacional”, tendo o SISMUBE adquirido mais de 2 mil exemplares. Todos os seus livros estão disponíveis em bibliotecas de escolas públicas ou particulares.

“Este é um livro para crianças, mas que pode e deve também ser lido por adultos, para que possam adentrar no imaginário das suntuosas particularidades das belezas humanas, sociais e culturais da nossa querida Santa Maria de Belém do Grão Pará”, diz a professora doutora Betania Fidalgo Arroyo, reitora da Unama e membro da Academia Paraense de Letras, no prefácio da obra.

Especialista em tecnologia, com trabalhos em desenvolvimento de sistemas, criação de sites, diretora de imagem designer, concepção de identidade artística e empresarial, projeto gráfico e multimídia, Marcia Duailibe Forte também é compositora, escritora e produtora audiovisual com certificado ANCINE.
Ainda na infância, já se destacava e foi premiada em segundo lugar no Concurso de Poesias do Colégio Moderno 1973.
Estudou piano erudito no Conservatório Carlos Gomes e logo depois, violão.

No ano 2000 coordenou o projeto multimídia do IFNOPAP – O lmaginário nas Formas Narrativas Orais Populares da Amazônia Paraense, ligado à Universidade Federal do Pará. Como produto final lançou o cd-rom Um portal para Bragança, reunindo um acervo sobre lendas, narrativas orais, poesias, culinária – bens imateriais – daquele município.

Desenvolveu em cd-rom Cartografias Marajoaras, com narrativas, lendas e mitos, de Soure, Cachoeira do Arari, Salvaterra e Melgaço – municípios do arquipélago do Marajó, tese da profa. dra. Josebel Akel Fares; Portfolio do artista plástico Del-Tetto para sua exposição na Europa; Grupos de Pesquisas da UFPA.
Em 2007, em parceria com sua irmã Sandra, compôs sua primeira obra, Onda do ar, registrada no CD Sandra Duailibe convida Cely Curado – A bossa no tempo, artisticamente dirigido e projetado por Marcia. Essa música representa um marco na comemoração do aniversário de 50 anos de Brasília, executada pela Orquestra Filarmônica no show Sandra Duailibe e Orquestra Filarmônica de Brasília – 50 anos de música.

Tem outras composições registradas em CDs, DVDs e na Biblioteca Nacional, e assina trabalhos como diretora de imagem, diretora de arte e projeto gráfico de CDs, estruturação de peças de divulgação como outdoor, cartazes, busdoor e spots para rádio.

Segue trilhando caminhos em feiras do livro pelo Brasil com tardes de autógrafos e contação de histórias, está finalizando mais dois trabalhos e é candidata a uma cadeira na Academia Paraense de Letras, cuja eleição será no dia 2 de fevereiro.

Lançamento de “Milênio” neste sábado

Anterior

Cametá na mira do MPPA por inversão de prioridades

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *