0
Autor de “Olho de Boto”, “Sabor Açaí”, “Flor do destino”, “Tum-ta-tá” e “Tempodestino”, entre outras músicas marcantes do cancioneiro popular parauara, o instrumentista, cantor e compositor Nilson Chaves, que já foi parceiro de palco de Sebastião Tapajós, Ney Matogrosso, Chico César, Flávio Venturini, Joyce, Zé Renato, Cláudio Nucci, Jane Duboc, Vital Lima, Danilo Caymmi, Eudes Fraga, Xangai, Toninho Horta, Sá e Guarabira, Paulo André Barata, Celso Viáfora, Dércio Marquez, infartou ontem à noite em Belém do Pará. Submetido a cateterismo no hospital de Clínicas Gaspar Viana, implantou dois stents no coração e passa bem.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Mulheres de PMs pedem ajuda à Alepa

Anterior

Câmara de Belém pisou na Constituição

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *