0

Esposas dos policiais militares que fizeram movimento reivindicatório estiveram hoje na Alepa e foram recebidas pelo líder do Governo, deputado Eliel Faustino, o presidente da Comissão de Direitos Humanos, Carlos Bordalo, o presidente da Comissão de Segurança Pública, Coronel Neil, o líder do PSDB, Celso Sabino, Lélio Costa(PCdoB), Soldado Tércio(PROS) e Olival Marques(PSC). No ano passado, 35 PMs foram assassinados. Este ano, em menos de dois meses, já são 13 mortos.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Cena do rio Tapajós

Anterior

Nilson Chaves infartou mas passa bem

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *