A juíza Sara Augusta Pereira de Oliveira Medeiros, titular da 3ª Vara Cível, Infância e Juventude, Órfãos, Interditos e Ausentes de Castanhal (PA) exarou uma sentença emblemática, em plena Semana da Pessoa com Deficiência: obrigou a Escola Professor Antônio Leite…

Observando que é irracional o deslocamento de grande quantidade de pacientes em busca de tratamento, o Ministério Público do Pará ajuizou Ação Civil Pública contra o Estado do Pará e o Município de Marabá, para a criação de Unidade de…

O governador Helder Barbalho sanciona hoje à noite, em cerimônia no auditório do Centur, o 'Vale Gás' e o 'Água Pará', destinados a famílias de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade social. Ambos serão gerenciados e fiscalizados pela Secretaria…

Ciclistas liderados pelo grupo Pedal Mulher Nota 100, com apoio de alunos e voluntários da Universidade Federal do Pará e da Academia Paraense de Jornalismo, realizarão uma performance, nesta quinta-feira (23), das 8h às 10h, a fim de chamar a…

Navio-hospital-escola Abaré em Santarém, Aveiro e Belterra

No período de 10 a 28 de agosto, o navio-hospital-escola Abaré começa nova expedição, oferecendo a 75 comunidades do rio Tapajós nos municípios de Santarém, Aveiro e Belterra serviços de atenção básica à saúde: consultas médicas, odontológicas e de enfermagem, vacinação, coleta para exame de PCCU, testes rápidos de Covid-19, HIV, sífilis e hepatite, exames de laboratório – bioquímicos e hematológicos – e dispensação de medicamentos. A equipe também vai realizar exames de ultrassonografia, com a utilização de aparelho portátil.

A expedição conta com a parceria da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e a participação de professores de diferentes especialidades (médicos, fonoaudiólogos e odontólogos), além de estudantes do 6º ano de Medicina, que deverão integrar a equipe do Abaré na expedição, juntamente com as secretarias de Saúde dos três municípios.

Outra novidade é a parceria com o projeto Semear Sorriso, que doou quinhentos kits com escova de dente e creme dental para serem distribuídos às crianças ribeirinhas.

O consultório odontológico vai atender em duas etapas. Na primeira, até o dia 19, terá equipe da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) de Santarém. Nos dias seguintes, vai atuar uma equipe da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), também parceira na ação.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *