0
Vitrine do Museu Dica Frazão
A respeitada e admirada artesã santarena Raimunda Rodrigues Frazão, a Dona Dica Frazão, famosa por ter sido pioneira na criação de vestidos e acessórios (como leques e bolsas) utilizando entrecascas de árvore, fibras extraídas de capim, palha de buriti, sementes, raízes de patchouli e outros materiais naturais, faleceu hoje, aos 99 anos

As belas peças de Dona Dica ganharam o mundo. Foram presenteadas à rainha da Bélgica, ao Papa João Paulo II e a outros chefes de Estado e personalidades, que ficaram encantados com a sua originalidade. 

Idealizadora e responsável pela manutenção do Museu de Arte Dica Frazão, que funciona em sua própria casa, em Santarém (PA), desde 1999, onde também era o ateliê da artesã, há pelo menos cinco décadas tem sido uma das referências para turistas nacionais e estrangeiros que visitam a região.

Ícone santareno, a estilista, artesã e bordadeira, cujo trabalho, internacionalmente reconhecido, beneficiou em muito o município de Santarém, deixa um acervo que a prefeitura tem o dever de valorizar, proteger e tornar disponível, através de programas públicos de fomento à cultura e ao turismo.

Que Deus a receba na paz eterna!
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

A velha chaga fundiária e agrária no Pará

Anterior

Obra de Dalcídio Jurandir ganha reedição

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *