A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Morre Dona Dica Frazão

Vitrine do Museu Dica Frazão
A respeitada e admirada artesã santarena Raimunda Rodrigues Frazão, a Dona Dica Frazão, famosa por ter sido pioneira na criação de vestidos e acessórios (como leques e bolsas) utilizando entrecascas de árvore, fibras extraídas de capim, palha de buriti, sementes, raízes de patchouli e outros materiais naturais, faleceu hoje, aos 99 anos

As belas peças de Dona Dica ganharam o mundo. Foram presenteadas à rainha da Bélgica, ao Papa João Paulo II e a outros chefes de Estado e personalidades, que ficaram encantados com a sua originalidade. 

Idealizadora e responsável pela manutenção do Museu de Arte Dica Frazão, que funciona em sua própria casa, em Santarém (PA), desde 1999, onde também era o ateliê da artesã, há pelo menos cinco décadas tem sido uma das referências para turistas nacionais e estrangeiros que visitam a região.

Ícone santareno, a estilista, artesã e bordadeira, cujo trabalho, internacionalmente reconhecido, beneficiou em muito o município de Santarém, deixa um acervo que a prefeitura tem o dever de valorizar, proteger e tornar disponível, através de programas públicos de fomento à cultura e ao turismo.

Que Deus a receba na paz eterna!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *