0

A Assembléia Legislativa prorrogou a sessão de hoje por mais uma hora, por causa do projeto que altera a denominação do Mangueirão, que passaria a se chamar simplesmente Estádio Olímpico do Pará. Uma emenda do deputado Miriquinho Batista mudava o nome para Estádio Edgar Proença. Foi um deus-nos-acuda. Até que Parsifal Pontes subiu à tribuna para esclarecer que, na verdade, o que os deputados querem é que o nome seja Estádio Olímpico do Pará Edgar Proença. O presidente Domingos Juvenil que, bem-humorado, volta e meia se expressava à José Saramago, anunciou que o espírito de Salomão tinha baixado e finalmente o imbroglio fora resolvido: ficou para amanhã a votação de uma emenda substitutiva, assinada por todos os líderes. O plenário festejou.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Mais denúncias de danos ambientais em Juruti

Anterior

Falta de respeito

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *