Lançamentos literários, apresentações de teatro, oficinas voltadas para as culturas pop e japonesa, arrecadação de livros, atividades pedagógicas e lúdicas direcionadas ao público infantil, entre outras ações, estão no cardápio de cultura e arte servido aos visitantes do estande da…

O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Lombadas irregulares na rota turística

Na caixinha de comentários da postagem “Lombada na PA-391 empaca trânsito” recebi, da lavra do advogado Célio Simões, e peço ao secretário de Estado de Transportes, Kleber Menezes, as providências necessárias.

Franssi, coisa parecida está ocorrendo na chamada Rota Turística que liga Castanhal a Nova Timboteua, uma alternativa para quem demanda Salinas fugir dos perigos do trecho de Castanhal até Santa Maria. A Rota Turística tem excelente pavimentação, passa por paisagens belas e ainda preservadas, atravessa sítios, fazendas, rios e igarapés muito bonitos, porém os moradores assentados em seu trajeto se incumbiram de inviabilizá-la, colocando uma quantidade de enormes lombadas construídas sem qualquer técnica, que se chocam na parte inferior dos veículos. Resultado: era para encurtar o tempo Belém/Salinas… Era! O gasto de tempo estendeu-se para quase 04 horas, o que me fez desistir do uso dessa nova via (que reproduz o trajeto do antigo trem Belém/Bragança) e enfrentar a BR até Sta. Maria, mesmo com todos os perigos das carretas e ultrapassagens malucas dos motoristas precipitados. A saída é esperar a duplicação que nunca chega ou a retirada das lombadas, porém ninguém toma tais iniciativas. Abs.”

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *