0

A cabeça do italiano é a região mais desconhecida da Itália. É o que afirma Beppe Sergnini, autor do best seller “A Cabeça do Italiano”, do original “La Testa degli Italiani”, que chega ao Brasil. Sergnini viajou por 10 dias pelas comunas de Malpensa, Milão, Toscana, Roma, Nápoles, Sardenha e Crema, expondo com humor e inteligência as características mais peculiares da cultura e do povo italiano. Autoridade para versar sobre o cotidiano e a psique do paísSevergnini tem de sobra. É um dos mais populares colunistas dos jornais Corriere della Sera e Gazetta dello Sport, além da experiência pelos anos de trabalho na Inglaterra e nos EUA. O escritor já emplacou 10 bestsellers e, em 2004, galgou o título de “Jornalista Europeu do Ano”, concedido pela academia britânica de imprensa.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Cinema & comida

Anterior

Resgate migratório

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *