0
Abriu hoje a exposição de cartazes do Círio “Impressões da Fé” e de esculturas “Miniaturas do Círio”, no Museu do Círio. A mostra segue até o dia 30 de novembro, promovida pelo Governo do Pará, via Secretaria de Estado de Cultura e Sistema Integrado de Museus e Memoriais. Um dos destaques é um cartaz datado de 1878, verdadeira raridade que foi toda recuperada por técnicos da Secult.
Ao todo são 25 cartazes do acervo do Museu do Círio. No símbolo, é possível ver representados a primeira igreja, que substitui a erguida onde se fazia culto à senhora de Nazaré e milagres atribuídos à santa. A peça é de valor histórico imensurável. O cartaz do Círio de Nazaré é considerado um dos ícones mais importantes da festa, é tradição antiga das famílias católicas paraenses colarem-no na porta de entrada de suas residências. Entre as esculturas expostas, atrai a curiosidade geral o conjunto de elementos da procissão como promesseiros, corda, carro dos milagres e berlinda, confeccionados em massa epóxi com menos de meio centímetro, dispostos em uma cúpula de vidro, e que só podem ser visualizados com a utilização de uma lupa. 
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Imagem peregrina em romaria rodoviária

Anterior

A tragédia socioambiental em Barcarena

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *