Membro da Academia Brasileira de Ciências Contábeis (Abracicon), a professora doutora Leila Márcia Elias participou recentemente do Congresso Internacional de Contabilidade da Universidade de São Paulo. Como parte da programação do Núcleo de Contabilidade e Meio Ambiente da USP, que…

Shäron Moalem, médico que ficou conhecido mundialmente por prever no começo da pandemia da Covid-19 que mais homens morreriam vítimas do vírus do que mulheres, diz que o sexo feminino é mais forte que o masculino quanto à sobrevivência, assim…

No período de 10 a 28 de agosto, o navio-hospital-escola Abaré começa nova expedição, oferecendo a 75 comunidades do rio Tapajós nos municípios de Santarém, Aveiro e Belterra serviços de atenção básica à saúde: consultas médicas, odontológicas e de enfermagem,…

O IV Distrito Naval da Marinha do Brasil ativou nesta quarta-feira (4), o Grupo de Embarcações de Operações Ribeirinhas do Norte uma nova Organização Militar em Belém (PA), com propósito de contribuir para a aplicação do Poder Naval na área…

Identificados os mortos em Pau D’Arco

LOCAL DO CRIME. FOTO: ASCOM MPE-PA
O procurador-geral de Justiça, Gilberto Martins, o promotor de Justiça de Redenção, Erick Fernandes, os procuradores da República Deborah Duprat e Igor Spíndola, representantes de movimentos sociais e da Comissão Nacional dos Direitos Humanos  vistoriaram hoje à tarde a fazenda Santa Lúcia, em Pau D’Arco, a 50 quilômetros de Redenção, local onde dez pessoas foram mortas durante operação policial, ontem. Eles foram acompanhar o trabalho de peritos que buscavam cápsulas de bala, marcas de sangue e outras informações que contribuam para o inquérito policial.
Antes, o MPE-PA reuniu com familiares das vítimas, na Promotoria de Justiça de Redenção e na sede local da OAB-PA. 

Os promotores de Justiça Jane Cleide Silva e Alfredo Amorim, que são lotados em outros municípios mas estão reforçando a atuação da instituição neste caso, também participaram da reunião.
A pedido das famílias, os corpos  saíram no início desta noite de Marabá e Parauapebas e serão levados para a funerária Unipax, em Redenção. A expectativa é de que cheguem por volta das 23h horas. 

O promotor de Justiça Erick Fernandes também esteve no hospital municipal de Redenção para ouvir pessoas que foram feridas durante o confronto armado. Ele também conversou com familiares das vítimas para coletar mais informações. A perícia dos corpos, no Instituo Médico Legal de Parauapebas e de Marabá, foi acompanhada pelos promotores Francys do Vale, Patrícia Pimentel e Guilherme Carvalho. 

Já estão identificadas as vítimas fatais: Hércules Santos Oliveira, Ronaldo Pereira de Souza, Antônio Pereira Milhomem, Bruno Henrique Pereira Gomes, Regivaldo Pereira da Silva, Wedson Pereira da Silva, Nelson Souza Milhomem, Clebson Pereira Milhomem, Oseir Rodrigues da Silva e Jane Julia de Oliveira. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *