0
O engenheiro Amaro Klautau foi convidado pelo CREA-PA para acompanhar o projeto da hidrovia do Marajó. Quando era Secretário de Transportes, em parceria do Estado com o Ministério dos Transportes, via AHIMOR – Administração das Hidrovias da Amazônia Oriental, na gestão do superintendente Antonio Alberto Pequeno de Barros, foram elaborados o EIA/Rima, realizadas as audiências públicas em todo o arquipélago e em Belém, desapropriadas as áreas do entorno e indenizados os proprietários e a obra foi até licitada, depois embargada judicialmente.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

CNMP aplica punição

Anterior

Medida exemplar

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *