A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Há muito a fazer

“Maior importância que pedir relação de quem está recebendo como aspone é saber porque a Vale não paga o devido ao estado e a OAB permanece caladinha; o que representa 24 milhões anuais ou 63 milhões mensais ?

Concordo que o estado pode ser mais atencioso, porém discordo da OAB fazer prioridade de fatos menores quando existe uma perda muito maior que é a perda de arrecadação originada em quem tem os mais: Poder Financeiro, Poder Político, Poder de Barganha e Poder nas entranhas do próprio!

Será que se não houvesse um único aspone sobraria dinheiro para apagar todas as mazelas hoje existentes no estado?
Cara Fran, o doído é que só o que vocês denunciam com ênfase e que gera mídia é que aparecem os xerifes para agir imaginando o minuto de fama!

Preciosidade seria levantarem as partes carnudas e redondas, situadas na parte inferior do dorso e irem em busca de tema próprio e não ficarem tipo jogador cansado, acomodado na banheira querendo arranjar louros pelo esforço dos outros!

Espero que seja pelo menos isso e não atrás de moeda de troca, coisa que não esta fora do universo de probabilidades dado ao meio profissional dos que supostamente foram beneficiados e de quem os questiona ser o mesmo!

Um belo trabalho dos repórteres e um malogro de inércia imiscuído no antes tarde do que nunca da OAB e ainda querendo deificar seu mais destacado membro!

OAB, vá atrás de quem faz as operações cirúrgicas no nosso estado retirando a parte saudável e deixando o cancro ainda recitando epifania, tomarás teína de sofá, aí sentirás como teu poder é inexistente quando se trata do bem para o todo!”

(De leitor anônimo do blog, na caixa de comentários do post  OAB aciona CNJ

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *