Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Na quarta-feira passada, dia 24, a audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara Federal, em Brasília, era para discutir a gravíssima situação na Terra Indígena Yanomami, mas o clima de enfrentamento entre bolsonaristas e lulistas inviabilizou…

O prefeito Edmilson Rodrigues anunciou que Belém tem condições de fazer o Carnaval 2022, após reunião hoje (25) à tarde com representantes das escolas de samba e blocos carnavalescos. Ele acredita que com mais de 80% de pessoas vacinadas contra…

Guerra de bastidores vai render

Em janeiro,
durante o recesso, a Assembleia Legislativa encaminhou pedido de informações à Secretaria
de Estado de Meio Ambiente, acerca do cancelamento da Licença Prévia para o
projeto de derrocamento no rio Tocantins, no trecho entre os municípios de
Itupiranga e Nova Ipixuna, na região sudeste do Pará, conhecido como Pedral do
Lourenço, que iria viabilizar a hidrovia Tocantins/Araguaia.
As informações
foram solicitadas via requerimento da Frente Parlamentar de Apoio ao
Desenvolvimento Sustentável da Mineração no Pará, presidida pelo deputado
Raimundo Santos(PEN), que tem como vice a deputada Bernadete ten Caten(PT) e relator o deputado Gabriel Guerreiro(PV) e que, uma vez aprovado, se tornou um pedido do Poder
Legislativo, além do fato de que todos os deputados estaduais, de todos os partidos, integram a
Frente.
Pois bem: hoje, a partir
das 11 h, o secretário de Estado de Meio Ambiente, José Alberto da Silva
Colares, vai dar entrevista coletiva sobre o assunto, sem ter ainda respondido
ao questionamento. Ou seja, ignorou a Alepa, a Frente Parlamentar, os deputados,
e vai faturar a mídia. Que coisa. Na
terça-feira, o plenário vai ferver.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *