0
Um ex-funcionário do Detran foi preso vendendo falsos “exames psicotécnicos” a incautos.
Para evitar o golpe é bom que todos saibam e disseminem: a Resolução 267 do Contran estabelece que na avaliação psicológica serão utilizadas entrevistas diretas e individuais; testes psicológicos; dinâmicas de grupo; escuta e intervenções verbais. O candidato à habilitação deverá ter capacidade de perceber e identificar sinais e situações específicas de trânsito.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Não violência

Anterior

A implosão da saúde

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *