0

Está faltando peça de reposição na rede autorizada da Ford no Brasil. As concessionárias ficaram com o abacaxi, estão sendo acionadas pelos Procons e cobram da montadora uma solução, sem sucesso. As fábricas da Ford em Camaçari (BA) e Taubaté (SP) estão paradas desde janeiro deste ano, quando a marca anunciou o fim imediato da produção nacional de veículos. Na época, prometeu que garantiria disponibilidade dos estoques de pós-venda. Mas a montadora virou as costas para o país, matou o Ka, o EcoSport e o Troller, fechou até o seu braço financeiro, a Ford Credit, e não se pronunciou.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Titanic rumo ao STF

Anterior

O BARCO FANTASMA DE ALTER-DO-CHÃO (Ficção)

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *