Desde sua origem, Marabá (PA) sofre anualmente enchentes dos rios Tocantins e Itacaiúnas e a população que reside em áreas de risco fica em situação de vulnerabilidade. Todos os anos a defesa civil estadual e municipal planeja, monitora e prepara…

Em noite de gala na próxima segunda-feira, 24, às 19h, no Teatro Maria Sylvia Nunes, em Belém, o governador Helder Barbalho vai lançar o 110º Campeonato Paraense de Futebol, o Parazão Banpará 2022, com transmissão ao vivo pela TV e…

Todos os órgãos de segurança estão trabalhando de forma integrada para dar suporte à população em face da destruição do pilar central e iminente desabamento do vão da ponte do Outeiro. O Centro Integrado de Comando e Controle da Segup…

O Procurador-Geral de Justiça do Estado do Pará, César Mattar Jr., recebeu em audiência o advogado Arnaldo Jordy e uma comissão integrada por Simone Pereira, da Universidade Federal do Pará; Marcelo Alves, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e…

Família americana resgatada no Marajó

Foto: ascom Segup
Um dos já costumeiros ataques de piratas às embarcações que trafegam nos rios da Amazônia, aterrorizando a população e viajantes, ganhou visibilidade e já tinha virado incidente internacional, por conta do desaparecimento de um casal de norte-americanos e suas duas crianças, de 3 e 7 anos, que viajavam na balsa “Andorinha”, com destino a Macapá, assaltada no domingo passado. Depois de intensas buscas das polícias civil e militar, com apoio do grupamento aéreo, eles foram resgatados hoje à tardinha. Estavam escondidos em uma área de mata no distrito do Curumu, município de Breves, no Marajó. Ao avistarem um ribeirinho em sua pequena embarcação, Adam (39) e Emily Heart (37) pediram socorro. Eles foram levados até o “Porto dos Dias” e, lá, os policiais que faziam buscas na área do “Jacaré Grande”, acionados via rádio, chegaram logo em seguida.
Assustados, cansados e marcados por picadas de insetos, os americanos passam bem e devem chegar por volta das 23 horas 
em Breves, onde receberão atendimento médico no Hospital Regional e poderão esclarecer os motivos do abandono da balsa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *