Vanete Oliveira, 28 anos, mãe de cinco filhos, vive em Portel, município do arquipélago do Marajó(PA). Ela sofre há catorze anos dores atrozes além do desconforto, trauma e todo tipo de dor física e psicológica, por conta de um tumor…

As Diretorias de Combate à Corrupção e de Polícia do Interior da Polícia Civil do Pará prenderam hoje (28), no Distrito Federal, durante a Operação "Litania”, uma falsa empresária e sócios-proprietários que utilizavam empresa de fachada como instituição financeira para…

A Secretaria de Estado da Fazenda do Pará publicou extrato de dispensa de licitação para contratar a Prodepa, por R$800.427,88, a fim de desenvolver novo site da Transparência do Governo do Pará, com criação de nova arquitetura de informação, navegação…

Andar de motocicleta proporciona histórias, experiências e adrenalina. Motos oferecem facilidade de locomoção rápida e de conseguir estacionamento. Mas a liberdade é, sem dúvida, o motivo número 1 de todo motociclista. Sentir o vento, o clima, fazer parte da paisagem. Este é…

Família americana resgatada no Marajó

Foto: ascom Segup
Um dos já costumeiros ataques de piratas às embarcações que trafegam nos rios da Amazônia, aterrorizando a população e viajantes, ganhou visibilidade e já tinha virado incidente internacional, por conta do desaparecimento de um casal de norte-americanos e suas duas crianças, de 3 e 7 anos, que viajavam na balsa “Andorinha”, com destino a Macapá, assaltada no domingo passado. Depois de intensas buscas das polícias civil e militar, com apoio do grupamento aéreo, eles foram resgatados hoje à tardinha. Estavam escondidos em uma área de mata no distrito do Curumu, município de Breves, no Marajó. Ao avistarem um ribeirinho em sua pequena embarcação, Adam (39) e Emily Heart (37) pediram socorro. Eles foram levados até o “Porto dos Dias” e, lá, os policiais que faziam buscas na área do “Jacaré Grande”, acionados via rádio, chegaram logo em seguida.
Assustados, cansados e marcados por picadas de insetos, os americanos passam bem e devem chegar por volta das 23 horas 
em Breves, onde receberão atendimento médico no Hospital Regional e poderão esclarecer os motivos do abandono da balsa.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *