0
Pânico na Prefeitura Municipal de Belém. O MPF e a Justiça Federal açoitam e um culpado tem que aparecer, urgente! Por isso, acreditem: a Semaj vai abrir sindicância para saber quem sumiu com os equipamentos que estão faltando nos hospitais. São, imaginem, 10 aparelhos de raios X, autoclave, equipamentos de hemodiálise, nenhum do tamanho de uma agulha para passar assim sem ser visto na casa-da-mãe-joana.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Esperança de salvação

Anterior

Agressão física na Sefa

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *