0
O assessor da Sefa Marco Antônio Bastos Barros, 37 anos, registrou BO na Seccional Urbana de São Braz contra o presidente do Sinditaf, Charles Alcântara, em que afirma ter sido agredido fisicamente no momento em que tentava entrar no prédio da Central de Atendimento da Sefa, por volta de 9 horas, ontem. Segundo relato ao delegado Maury Marques, Charles Alcântara teria se posicionado em sua frente para impedir a entrada no local e, ao perguntar o motivo de não deixá-lo passar, Alcântara teria respondido com uma cabeçada no nariz do servidor. A agressão foi presenciada pelo soldado Sobrinho, do Batalhão de Polícia Tática da PM.
Após fazer a ocorrência, Marco Antônio foi encaminhado ao Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, para exame de corpo de delito, a fim de constatar lesão corporal. O laudo assinado pelo legista Luís Basílio Nunez Júnior conclui que o assessor sofreu “equimose avermelhada sobre edema traumático no nariz“, e será anexado ao procedimento policial para apurar o fato.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Falta de vergonha

Anterior

Oportunidade de trabalho

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *