0

Uma garrafa de plástico pet pode levar até 400 anos para se decompor. Em Juruti, alunos da Escola Estadual de Ensino Médio Vereador Raimundo de Souza Coelho estão aprendendo a lidar com esse tipo de material, transformando os resíduos em utensílios domésticos, peças de decoração e brinquedos. A iniciativa é dos professores da própria escola, que realizou gincana, organizou uma oficina e depois fará bazar para comercializar o que os jovens confeccionaram. A ideia inclui projeto de coleta seletiva de lixo, que também pretende implantar nos próximos meses. O Programa de Educação Ambiental da Alcoa Mina de Juruti providenciou um instrutor, materiais didáticos e de consumo e certificado aos participantes.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Devastadores na mira

Anterior

Área de Segurança Nacional?!

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *