0
Neste domingo o programa jornalístico da Record especializado em matérias investigativas revela os segredos do porto de Santos e conta histórias dos personagens que povoam as Docas. As imagens mostram a fragilidade de um sistema que custa milhões de dólares aos cofres públicos: entra-e-sai sem controle em área de segurança nacional; dentro dos navios, cargas e trabalhadores desprotegidos; equipamentos sucateados e péssimas condições de trabalho; no paredão, como é chamado o processo de seleção de candidatos, ganha a vaga de estivador quem gritar mais alto.
Em volta do porto, uma rotina de tráfico de drogas, exploração de menores e prostituição. Dependentes de crack, garotas de programa – muitas menores de idade – fazem qualquer negócio para conseguir a droga. A demarcação de território para atrair os tripulantes dos navios, trabalhadores da região e turistas quase sempre termina em briga. A dona de uma esquina da zona portuária vende drogas à luz do dia, acompanhada pelos filhos. Apresentado por Roberto Cabrini, o programa vai ao ar às 20h45, logo após o Domingo Espetacular.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Educação ambiental

Anterior

Valsa para Aita

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *