0
Bracelete Pássaro de fogo. Fotos: Jéssica Monteiro
Anel Alto Astral em ametista e citrino, lapidação Leila Salame
Anel Alto Astral em ametista e citrino, lapidação Leila Salame.
Ela pode dizer “vim, vi e venci”. Oriximinaense da gema há muitos anos morando em Belém, a designer de joias Helena Bezerra é uma das pioneiras do Programa Polo Joalheiro do Pará, proprietária da Loja HS Criações & Design e participa dos eventos promovidos pelo Espaço Cultural São José Liberto, como lançamentos de coleções, exposições, oficinas de capacitação e geração de produtos, inclusive no Exterior. 

Neste domingo, 19, a partir das 17h, no encerramento da semana comemorativa do “Tribos Ballet: 20 Anos de História”, durante show-desfile com 20 bailarinos e modelos e uma mostra de dança de 15 companhias parceiras, no anfiteatro do Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto (Praça Amazonas, s/nº, Jurunas), serão lançadas joias sustentáveis exclusivas, criadas em homenagem à trajetória da companhia por Helena Bezerra e Jorge Duarte (da HSCriações & Design), concebidas a partir dos grafismos da pintura corporal indígena. A curadoria é do produtor cultural  Darley Quintas, do cenógrafo e figurinista Guilherme Repilla e do coreógrafo Maurício Quintairos.

Inspirados principalmente na natureza, os colares, pulseiras, anéis, brincos e pingentes de Helena Bezerra retratam helicônias, orquídeas, rosas, pássaros e a arte rupestre e são oriundos de uma unidade produtiva própria. A incrustação paraense, gemas, chifre de búfalo, madrepérola, prata e ouro são os materiais que mais utiliza. 

Helena foi premiada três vezes consecutivas com o Troféu Honra ao Mérito do Festival Dança Pará.  Suas joias exclusivas já foram usadas em shows de diversos artistas de diferentes estilos, como Lulu Santos, Daniel, a dupla Victor e Leo, NE-Yo e a cantora lírica Gabriella Florenzano

Em 2013, a designer prestou sua homenagem a Belém do Pará na exposição da Coleção de Joias do Dia das Mães, no Espaço São José Liberto, com a peça intitulada “Musa de Belém”, criada a partir da observação dos detalhes do teto de gesso da loja de tecidos Paris N’América, fundada em 1870, quando funcionava como ponto de encontro da sociedade paraense. O verde da esmeralda usada no pingente é um elo com a questão ambiental e a tendência de motivos florais da época em que Belém vivenciou o Ciclo da Borracha.

Quando foi ao ar a novela “Em Família”, da Rede Globo, que tem como
enredo a história de mais uma Helena, personagem que marca as novelas do autor
Manoel Carlos, a TV Liberal,
afiliada da Globo no Pará, pesquisou histórias de Helenas da vida real para
compor uma matéria sobre o assunto. Entre as três Helenas parauaras selecionadas estava a designer de joias Helena Bezerra, exemplo de sucesso
profissional e pessoal.

Nas fotos de Jéssica Monteiro, bracelete Pássaro de Fogo em chifre, incrustação paraense e dolomita, e anéis da coleção Alto Astral em ametista e citrino, com lapidação de Leila Salame. Quem quiser conferir as peças pode ir ao Complexo Cultural São José Liberto ou ao site de sua loja, aqui. Os contatos de Helena: (91) 9602 4480 e 3224-5781, hscriaoes@gmail.com.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Vejam com seus olhos o drama do Marajó

Anterior

Pupunha, delícia do Pará!

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *