Em iniciativa inédita, o Fórum de Entidades em Defesa do Patrimônio Cultural Brasileiro celebra os percursos individuais e coletivos que construíram as políticas de salvaguarda do patrimônio cultural no Brasil, lançando a obra “Em Defesa do Patrimônio Cultural”, organizado por…

Neste sábado, 16, postos de saúde ficarão abertos para a vacinação com foco em menores de 15 anos. Em Belém, 11 unidades vão funcionar das 8h às 14h. A campanha da Multivacinação iniciou no dia 04 de outubro e segue…

De autoria do carnavalesco e professor Paulo Anete, o enredo para o Carnaval 2022 da Escola de Samba Grêmio Recreativo Carnavalesco e Cultural Os Colibris, de Belém do Pará, é “Zélia Amada/ Zélia de Deus/ Zélia das Artes/ Herdeira de…

Batizada de sagui-de-Schneider (Mico schneideri), em homenagem ao pesquisador brasileiro Horácio Schneider (1948-2018), geneticista da Universidade Federal do Pará e pioneiro da filogenética molecular de primatas, a descoberta alvoroçou a comunidade científica internacional. A nova espécie de sagui amazônico do…

Concerto da Amazônia Jazz Band

Amanhã, às 20h, no Theatro da Paz, a Amazônia Jazz Band vai apresentar clássicos da música mundial, como “Evergreen”, de Barbra Streisand, que levou o Oscar de melhor canção original pelo filme “Nasce uma Estrela”, em 1976.  Cada solista apresentará uma balada. O maestro  e pianista Nelson Neves, regente da orquestra, adianta que no concerto predominará o romantismo, com interpretações de Summer of 42 (Michel Legrand) e The shadow of your smile (Johnny Mandel), por exemplo: “Optei por um repertório composto por baladas lindíssimas, dessas que o público se encosta na cadeira, fecha os olhos e viaja”. Mas também vai ter samba. Afinal, o diferencial da Amazônia Jazz Band é a versatilidade, além da excelência, é claro. Passeia pelos compositores russos Igor Stravinsky e Dmitri Schostakovich e pelos paraenses Wilson Fonseca, Waldemar Henrique e Rui Barata com a mesma naturalidade, passando pelo carimbó de Pinduca, a bossa nova de Tom Jobim, a MPB de João Bosco e Aldir Blanc, afinal o maestro Nelson Neves é pianista clássico, pianista de jazz e band-leader. Confiram as músicas que estão no repertório, super eclético. Aproveitem, a entrada é gratuita, com retirada de ingressos, na bilheteria do teatro, a partir das 9h.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *