A Prefeitura de Belém está convidando os moradores da Cidade Velha à Consulta Pública sobre a reforma e revitalização do prédio ao lado da Igreja da Sé, onde por muito tempo funcionou a Fundação Cultural do Município de Belém (Fumbel).…

As eleições de 2022 coincidem com o bicentenário da Independência e os 90 anos de conquista do direito do voto feminino, ocorrida em 24 de fevereiro de 1932. Durante todo o Império, as brasileiras não puderam votar e somente 43…

O Ecomuseu da Amazônia, da Fundação Escola Bosque (Funbosque) promoveu no domingo, 25, na Ilha de Cotijuba, o roteiro patrimonial, pelo encerramento da 16ª Primavera dos Museus. Os visitantes conheceram o pólo do Ecomuseu, a história de Cotijuba, que passa…

A prefeitura de Portel, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agropecuário e da Pesca, lançou na sexta-feira passada (23) o projeto Marajó Sustentável, aliado ao Programa de Desenvolvimento da Cadeia Produtiva da Seringueira no Estado do Pará…

Comeu mosca

Um cochilo em plenário e … pimba! Foi aprovado hoje, à unanimidade, requerimento do deputado Megale, líder do PSDB, no sentido da anulação de todas as nomeações de dirigentes das autarquias, empresas e fundações públicas e sociedades de economia mista de que o Estado detenha o controle acionário, feitas pela governadora Ana Júlia Carepa, sob o argumento de que não obedeceram a Constituição, que estabelece que a Alepa deve aprovar, por voto secreto, após arguição pública, a escolha desses dirigentes.
É claro que não haverá efeito prático da rasteira, porque o governo vai tratar de cumprir, mesmo com atraso, o rito constitucional. Mas, além do susto, vai servir de munição para a bancada tucana ficar atazanando os ouvidos petistas todo dia.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *