0
Na posse do presidente do Banpará, Afonso Viana Neto, prestigiada por boa parte do secretariado estadual e instituições financeiras, o chefe da Casa Civil, Cláudio Puty, fez um discurso apaixonado mas pé no chão. Citou os investimentos em projetos estratégicos do governo, enfatizando a instalação oficial, hoje, do Centro Regional do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, que vai funcionar no Parque de Ciência e Tecnologia Guamá, na UFPA, e ajudará não apenas no monitoramento de queimadas na Amazônia, desmatamentos e previsão do clima, mas também no manejo florestal e em várias atividades econômicas, como o agronegócio e a agricultura familiar.
Puty revelou que a Fundação de Amparo à Pesquisa criará bolsas específicas para que pesquisadores usufruam da excelência do INPE no Pará, e potencializará, em função disso, laboratórios também nas áreas de engenharia, cooperação e integração, a partir de demandas locais.
Ao destacar, com entusiasmo, a criação do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Social e a implantação de três parques de Ciência e Tecnologia, Cláudio Puty disse que esses avanços são irreversíveis e que tem consciência de que muitos projetos alavancados agora não serão concluídos pelo atual governo, mas são sementes plantadas para o futuro.
À exceção do novo presidente do Banpará, que alfinetou o governo anterior, todos os discursos foram em tom conciliador, e reconheceram que os bons resultados no desempenho do banco refletem o esforço dos funcionários e também iniciativas bem sucedidas de administrações anteriores.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Fiscais resistem

Anterior

Propostas na mesa

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *