0

FOTO: CLÁUDIO SANTOS
Foi linda demais a procissão noturna com cerca de 300 mil fiéis portando seis mil castiçais e velas acesas em homenagem à Nossa Senhora de Fátima, sábado(13)O evento, já tradicional no calendário católico de Belém do Pará, comemorou os 50 anos de fundação da Paróquia e o centenário das aparições de Nossa Senhora na cidade de Fátima, em Portugal, para as crianças Lúcia, Jacinta e Francisco.

O projeto Mulheres de Luz, criado pelo Núcleo de Articulação e Cidadania no ano passado a partir de solicitação do arcebispo metropolitano de Belém, D. Alberto Taveira, com o objetivo de captar mão de obra feminina em entidades sociais para a confecção dos castiçais usados durante o XVII Congresso Eucarístico Nacional, usou garrafas pet doadas para a ação. 

Os castiçais foram confeccionados por vinte mulheres, durante três semanas, no barracão da Escola de Samba da Matinha, localizado no bairro de Fátima. Após a celebração da missa na Basílica Santuário, a procissão saiu pela Av. Nazaré, às 19h, percorreu as avenidas Magalhães Barata e José Bonifácio em direção ao Santuário de Fátima, no início da avenida Duque de Caxias, onde chegou por volta das 21h. 
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

STF derruba normas constitucionais do PA e MS

Anterior

Prefeitos do Pará em marcha

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *