Na terça-feira da semana passada (19), quando estava em votação no plenário da Assembleia Legislativa projeto de Indicação de autoria da deputada Professora Nilse Pinheiro transformando o Conselho Estadual de Educação em autarquia, detentora de autonomia deliberativa, financeira e administrativa,…

A desgraça sempre chega a galope, mas tudo o que é bom se arrasta indefinidamente no Brasil, o país dos contrastes e contradições, rico por natureza, com poucos bilionários e povo abaixo da linha da pobreza. Parece inacreditável, mas tramita…

O prefeito de Oriximiná, Delegado Willian Fonseca, foi reconduzido ao cargo pelo juiz titular da Vara Única daComarca local, Wallace Carneiro de Sousa, e literalmente voltou a tomar posse nos braços do povo. Era por volta do meio-dia, hoje (26),…

A equipe multidisciplinar do centro obstétrico da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em Belém (PA), vivenciou uma experiência rara e emocionante: o parto empelicado. Imaginem um bebê nascendo dentro da placenta intacta, com os movimentos visíveis, praticamente ainda…

Belém é pioneira no Brasil na luta em prol da infância

Ontem, Belém foi às ruas na marcha pela erradicação do trabalho infantil. É a primeira cidade do País a se manifestar desta maneira, em pleno combate contra essa chaga social que é nacional. Era muita gente. Parecia o Círio de Nossa Senhora de Nazaré, a Av. Presidente Vagas totalmente ocupada, desde a Escadinha ao lado da Estação das Docas até a Praça da República. Cerca de 20 mil pessoas, entre os quais magistrados, advogados, jornalistas, promotores de justiça, procuradores, empresários, estudantes, Ongs, órgãos governamentais, entidades de classe, grupos religiosos de várias igrejas cristãs e políticos de todas as cores partidárias, marcharam juntos pela mesma causa, de forma ordeira e alegre, porque a intenção não é suscitar ódios e sim empreender ações concretas, reunindo todas as forças sociais. As leis existem, precisam ser cumpridas, e esta é uma responsabilidade coletiva.

O evento foi organizado pelo Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região e coordenado pelas juízas Zuíla Dutra – membro da comissão nacional do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil da Justiça do Trabalho – e Vanilza Malcher, ambas gestoras regionais da campanha “Cartão Vermelho ao Trabalho Infantil”, teve apoio de 87 parceiros – entre eles Unicef, TJE-PA, MPE-PA, MPT-PA, OAB-PA, UFPA, Governo do Estado do Pará, Prefeitura de Belém, Fiepa, Faciapa, Sebrae-PA, Associação Comercial do Pará, SRTE-PA, Comissão Justiça e Paz e Cáritas da CNBB Norte II, Sindicato dos Jornalistas do Pará, ORM e RBA – e foi prestigiado pelo ministro Lélio Bentes, do TST, e pelo presidente do TRT8, desembargador do Trabalho Sérgio Rocha.

O prefeito Zenaldo Coutinho, que marchou contra o trabalho infantil, assumiu o compromisso de tomar várias medidas, entre elas ampliar o número de escolas de ensino fundamental em tempo integral, de modo a oferecer, além do ensino propriamente dito, atividades culturais e de lazer e segurança às crianças matriculadas. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *