Embora o Quartel Tiradentes esteja localizado no coração do bairro do Reduto, sediando o 2º BPM e duas Companhias da Polícia Militar do Pará, os meliantes parecem desafiar abertamente os policiais. Os assaltos no bairro continuam muito frequentes, principalmente no…

Douglas da Costa Rodrigues Junior, estudante de Letras - Língua Portuguesa da Universidade Federal do Pará e bolsista do Museu Paraense Emílio Goeldi, ganhou a 18ª edição do Prêmio Destaque na Iniciação Científica e Tecnológica na área de Ciências Humanas…

O Ministério Público do Trabalho PA-AP abrirá na segunda-feira inscrições para Estágio de Nível Superior. A seleção será destinada ao preenchimento de vagas e formação do quadro de reserva de estagiários dos cursos de Administração/Gestão Pública, Biblioteconomia, Direito, Jornalismo, Publicidade/Propaganda…

Hoje, dia 23 de julho de 2021 às 19h, o Instituto Histórico e Geográfico do Pará realizada a nona “Live em Memória” da programação alusiva aos 121 anos do Silogeu, desta vez em homenagem ao centenário de nascimento do Almirante…

Belém e o lixo

A cidadania não existe em Belém do Pará. Ou então está em férias intermináveis. As calçadas, quando não são tomadas por camelôs, mesas e cadeiras de bares, telões, cartazes e etecetera e tal, são intransitáveis por causa de buracos, mato e lixo, obrigando o distinto cidadão a disputar espaço na rua entre os carros, arriscando a própria vida. 

Na foto de cima, o lixo na calçada da Rua Diogo Móia, entre 14 de Março e Alcindo Cacela, perto da sede do Sindicato dos Jornalistas do Pará, está lançado desde o domingo. É provável que seja dessa casa com placa de aluguel de salas comerciais, acredita a jornalista Roberta Vilanova, presidente do Sinjor-PA. Já a foto embaixo mostra a calçada ao lado da escola Catarina Laboure, na travessa Perebebuí com avenida Senador Lemos. Tem de tudo um pouco: mato, pneus e lixo, verificou o jornalista Mozart Lira. Ambas são vias movimentadas e não há justificativa para que a coleta não seja feita, além do que deveria ser aplicada a devida multa aos selvagens que jogam imundície para tormentar os outros.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *