Trabalhadores da Companhia Docas do Pará estão em pé de guerra com a direção da estatal federal. Desde julho estão padecendo com contracheques zerados, aumento de jornada, remuneração encurtada, custo de vida encarecido e compromissos não honrados. Tudo isso graças…

A juíza Sara Augusta Pereira de Oliveira Medeiros, titular da 3ª Vara Cível, Infância e Juventude, Órfãos, Interditos e Ausentes de Castanhal (PA) exarou uma sentença emblemática, em plena Semana da Pessoa com Deficiência: obrigou a Escola Professor Antônio Leite…

Observando que é irracional o deslocamento de grande quantidade de pacientes em busca de tratamento, o Ministério Público do Pará ajuizou Ação Civil Pública contra o Estado do Pará e o Município de Marabá, para a criação de Unidade de…

O governador Helder Barbalho sanciona hoje à noite, em cerimônia no auditório do Centur, o 'Vale Gás' e o 'Água Pará', destinados a famílias de baixa renda ou em situação de vulnerabilidade social. Ambos serão gerenciados e fiscalizados pela Secretaria…

Aventura nos rios da Amazônia

José Carlos Lima, presidente do PV do Pará e novo secretário de Meio Ambiente de Belém, organizou um passeio de barco hoje às 8h30 em direção à comunidade quilombola Itacoã-Miri. Quando faltavam 40 minutos para a chegada, o barco encalhou em um banco de areia.
O Grupamento Marítimo Fluvial do Corpo de Bombeiros foi acionado, seis embarcações de grande porte, entre elas uma ambulancha equipada para atendimento de urgência e emergência e até um helicóptero se deslocaram ao local, para salvar a turma.
Segundo o major BM Tavernard, comandante do GMAF, o barco estava superlotado – tinha capacidade de transportar 100 mas levava 130 passageiros, dentre índios, estrangeiros e membros do Parlamento Europeu e do Partido Verde do Pará e São Paulo – sem documentação, o piloto sem habilitação, os coletes salva-vidas estavam guardados em saco plástico e o sistema de incêndio e hidrante em desacordo com as normas estabelecidas. A Capitania dos Portos foi acionada para notificar o proprietário.
Mas como tudo é festa no Fórum Social Mundial, a embarcação Leme II, do Corpo de Bombeiros Militar do Pará, foi recebida com efusivos aplausos e gritos de “bombeiros, bombeiros, bombeiros!” ao fazer o resgate dos que estavam a bordo do Iate Motor Zé Aires. Ninguém se feriu.
Após o mecânico detectar que a embarcação não tinha mais condições de navegar, ela foi rebocada até o Porto do Poema, na UFPA.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *