No próximo sábado, 28, é o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo. Esta semana, foram divulgados dados da Secretaria de Inspeção do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referente a 2022, quando foram resgatados 2.575 trabalhadores em condições análogas…

Quase todo mundo já caiu na tentação de comer ou beber além do necessário, mas a data, 26 de janeiro, foi criada a fim de conscientizar a população sobre os perigos que a compulsão alimentar oferece à saúde. Neste ano,…

"Por muito tempo, nós, da Diretoria Executiva da Unimed Belém nos silenciamos diante das barbaridades que estavam sendo disseminadas entre os colegas nos recusando a entrar no jogo de convencimento de cooperados, pois acreditamos que a verdade sempre prevalece, ou…

A Fundação Cultural do Pará divulgou Edital de Credenciamento de Prestadores de Serviços com nova Instrução Normativa para a contratação de oficineiros, monitores, instrutores e palestrantes que irão trabalhar nas ações desenvolvidas pela instituição em 2023. Podem se candidatar pessoas…

As angústias da educação pública

A Seduc e o Instituto Unibanco convidam para uma sessão especial do documentário “Nunca me sonharam”, seguido de debate sobre a educação pública no Pará.

Filmado em oito estados, nas cinco regiões do Brasil, o longa- metragem dirigido por Cacau Rhoden mostra jovens estudantes preocupados com o futuro, suas expectativas, angústias e sonhos, além dos desafios para gestores e educadores.  

Segundo dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio, feita pelo IBGE em 2015, 82% das crianças e jovens até 19 anos que estudam estão na rede pública. Mas ainda há 1,6 milhão de adolescentes, de 15 a 17 anos, fora da escola, no Brasil. Destes, 9,98% não estudam e nem trabalham. São os nem-nem.

Educadores e estudantes paraenses participam do filme: Adaelson Santos, diretor da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Avertano Rocha; Luciana Sousa dos Santos, diretora da EEEFM Antonio Batista Belo de Carvalho (de Santarém), e Odimar do Carmo Melo, professor da EEEFM Avertano Rocha, de Belém. 

Alunos da EEFM Antônio Batista Belo de Carvalho: Alison Ribeiro Souza, Beatriz da Silva Pereira, Carlos Victor, Carmem Lúcia dos Santos Ribeiro, Daniele de Castro Fonseca, Guilherme Gonçalves Pádua, Hellen Patrícia Lobato Modesto, Antônio Batista Belo de Carvalho e Jamile Marta Melo da Silva.
Alunos da EEFM Avertano Rocha: Isabelle Letícia, Isadora Neris dos Santos, Jaqueline Farias Rosa, Lucas Raphael da S. Mendes e Lucia Vitória S. Matos. 

O programa será amanhã às 9h, no Boulevard Shopping, horário difícil no meio da semana. Mas o filme também poderá ser assistido gratuitamente na plataforma online Videocamp.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *