Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Alepa tem estudo de viabilidade da ferrovia

O presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda recebeu  na semana retrasada, ao lado dos deputados presentes à sessão sobre as Parcerias Público-Privadas, do secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e Mineração, Adnan Demachki, o relatório do estudo de viabilidade econômica da ferrovia projetada para ligar Santana do Araguaia, na divisa com o Mato Grosso, com o porto de Vila do Conde, em Barcarena. A carta-consulta está na Sema para licenciamento ambiental. Assim que a licença prévia for concedida, começa o processo de licitação e a expectativa é de que no final do ano que vem os dois processos estejam conclusos. A Votorantim quer ser parceira na construção da ferrovia.
Em março, em razão das mudanças na estrutura administrativa, decreto do governador Simão Jatene permitiu a estruturação do núcleo das PPPs na Sedeme, que tem cinco projetos em estudo, dois na área do saneamento básico, na região metropolitana; um para o interior, de esporte e lazer, outro na área de educação, para a construção de 150 escolas em regime de PPP e o da ferrovia estadual, utilizando o modelo PMI (proposta de manifestação de interesse, etapa prévia à licitação, mecanismo por meio do qual o particular apresenta ao Estado estudos que possibilitam a própria modelagem da futura parceria)

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *