O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

A mulher, a coragem e a violência

Você sabia que a cada 5 minutos uma mulher é agredida e a cada 2 horas uma mulher é assassinada no Brasil? São quase 500 anos de atraso social. Em 1580, Lucrezia d’Este, filha de Ercole II e Renèe di France e sofrida mulher de Francesco della Rovere, fundou a primeira instituição no mundo para defender as mulheres que sofriam violência de seus maridos e parentes, em Ferrara, na Itália.  Lucrezia nasceu em 1535 e, por razões diplomáticas, foi obrigada a casar com o herdeiro de Urbino quando tinha 35 anos e ele 22 anos. Arrastada de forma humilhante pelo marido no dia do casamento, foi morar em Pesaro/Urbino, onde passava horrores.
A duquesa tinha permissão para visitar a família em Ferrara e numa dessas viagens viveu secreta história de amor. Quando seu irmão Alfonso II descobriu o caso resolveu silenciar o escândalo matando o amante. Lucrezia não quis voltar para o marido e pediu autorização da Santa Sé para uma separação, que o Papa não decretou mas permitiu que ela vivesse sozinha em Ferrara, onde deixou sua marca na história. 

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *