0

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Chicão, que preside o MDB em Ananindeua (PA), teve uma longa conversa hoje com o deputado federal José Priante, que preside o partido em Belém. Alinhavaram, costuraram e serziram estratégias eleitorais. O deputado federal Beto Faro e o vereador Fabrício Gama, que chegaram separadamente, também conversaram com Chicão e Priante. Era mais quem queria se enturmar para saber o assunto. 

O movimento de vereadores, prefeitos e pré-candidatos a deputados federais e estaduais é intenso na Alepa, em busca de uma vaga na agenda de Chicão, que conta com o apoio de seus pares para se reeleger e conquistar mais um mandato na Presidência da Alepa. Muito prestigiado pelo governador Helder Barbalho, de quem é amigo pessoal além de correligionário há décadas, ele consegue que o chefe da Casa Civil, Luiziel Guedes, vá despachar com os deputados na Alepa uma vez por semana, a fim de não atrapalhar o quórum das sessões ordinárias e extraordinárias, cujas pautas são totalmente esgotadas.

A maioria absoluta dos servidores da Casa também quer a permanência dele, e não é à toa. Primeiro servidor efetivo a exercer o cargo máximo, Chicão é sempre simpático e acessível a todos. E depois de muitos anos de um ambiente de trabalho doente, com forros desabando, vazamentos e curto-circuitos assustadores, além dos móveis e computadores velhos e quebrados, a gestão dele trouxe novo alento. As reformas nos quatro prédios anexados ao Palácio Cabanagem avançam rapidamente e proporcionam dignidade tanto para quem lá trabalha quanto para quem demanda o poder Legislativo. As obras de arte de incalculável valor histórico que estavam rasgadas e manchadas por infiltrações foram restauradas por especialistas e os serviços legislativos estão sendo modernizados.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Desastre ambiental ameaça povos indígenas e quilombolas

Anterior

Roteiro Geo-Turístico neste domingo em Belém

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *