0
A violência no trânsito mata todos os anos quase 1 milhão e 300 mil pessoas, fere e incapacita mais de 50 milhões e é a causa principal de mortes na faixa etária dos 10 aos 24 anos. No Brasil, estima-se que mais de 50 mil brasileiros morrem todos os anos em acidentes. O impacto econômico e social é gigantesco: cerca de R$30 bilhões/ano, recursos que poderiam ser aplicados em saúde pública, educação e qualidade de vida.

Nesta quinta, 19, às 15 horas, audiência pública na Alepa, de iniciativa do deputado Carlos Bordalo (PT), alusiva ao Dia Mundial em Memória das Vítimas do Trânsito, debaterá soluções para essa verdadeira guerra.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Precatórios da Funtelpa

Anterior

Saudades do maestro Isoca

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *