0
Equipe da ANAC foi a Monte Alegre disposta a fechar o aeroporto local, onde é iminente uma tragédia. Nenhuma autoridade municipal estava na cidade: o prefeito Jorge Braga, a vice-prefeita Sônia Sadalla, o presidente da Câmara, vereador Anselmo Picanço, o delegado de Polícia Civil, o coronel PM comandante do Batalhão Gurupatuba, o Promotor de Justiça e o Juiz foram procurados e não localizados. Leia a íntegra sobre esse arremedo de Sucupira no site do Uruá-Tapera.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

A ameaça da dengue

Anterior

10 sugestões ao futuro prefeito de Belém

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *