0

As pessoas devem desconfiar das “fórmulas milagrosas” que prometem emagrecimento rápido. Elas podem ter derivados anfetamínicos, diuréticos e laxativos que promovem uma repentina perda de peso – em grande parte por causa da desidratação – que é rapidamente recuperado com a interrupção do uso. De maneira geral, se desconhece os efeitos deletérios do uso prolongado destas substâncias. E para quem acha que os fitoterápicos não têm efeitos negativos, saiba que pode haver aumento da diurese (freqüência para urinar), diarréia e até mesmo gastrites e úlceras, pois alguns fitoterápicos, em doses excessivas, podem agredir o estômago.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Disque-denúncia

Anterior

Atenção, mulherada!

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *