0
O Terminal Hidroviário “Luiz Rebelo Neto”completa um ano hoje. Apesar da grande necessidade de atender passageiros do transporte fluvial, ele ainda é utilizado muito aquém do que deveria. Praticamente atende só a algumas linhas para o Marajó. Urge a ampliação da oferta de destinos e do número de empresas que operam lá, além de frota com embarcações mais modernas e que ofereçam mais conforto e segurança aos passageiros. 

A Prefeitura Municipal de Belém anunciou há dois anos as linhas fluviais de ida e volta para Icoaraci e Mosqueiro, mas até agora sequer explica o porquê dessa alternativa de transporte – que poderia melhorar em muito a qualidade de vida dos usuários de transporte coletivo – ter empacado no papel. 
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, presidente da Academia Paraense de Jornalismo, membro da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Álibi de Orfeu em pocket show

Anterior

Programa gratuito no Mangal das Garças

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *