A 27ª Unidade de Conservação do Estado do Pará abrange os municípios de Jacareacanga e Novo Progresso, no sudoeste paraense. O Decreto nº 1.944/2021 foi assinado pelo governador Helder Barbalho na quinta-feira, 21, e publicado ontem (22) no Diário Oficial…

O Atlas da Dívida dos Estados Brasileiros, lançado no Fórum Internacional Tributário pela Federação Nacional do Fisco Estadual e Distrital, aponta que a dívida ativa das empresas com os entes federados soma estratosféricos R$ 896,2 bilhões, significando 13,18% do PIB…

Ao abrir oficialmente o Forma Alepa/Elepa, o presidente da Assembleia Legislativa do Pará, deputado Chicão, destacou a importância do trabalho que vem sendo executado pela Escola do Legislativo, treinando, qualificando e atualizando gestores, vereadores e servidores públicos, que dessa forma…

Em Itupiranga, força-tarefa do Ministério Público do Trabalho no Pará e Amapá, Auditoria Fiscal do Trabalho, Defensoria Pública da União e Polícia Federal resgatou sete trabalhadores em condições análogas às de escravos, em duas fazendas no sudeste paraense, e prendeu…

Suspensa ocupação do CIG

Foi suspenso o acampamento do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do Pará no Centro Integrado de Governo. Amanhã (15) haverá assembleia na Escola Estadual Cordeiro de Farias, às 15h. O governo entregou hoje, por volta das 12:30h, documento que oficializa as propostas do Estado ao Sintepp, uma das reivindicações do movimento. O coordenador de comunicação social do Sintepp, Eloi Borges, que estava acompanhado da assessoria jurídica do sindicato, recebeu o ofício, no qual o governo retoma o processo de negociação, que considera incompatível com a interdição de vias públicas, ocupação e depredação de prédios públicos, desrespeito a decisões judiciais e estado permanente de greve. Assegurada a jornada de trabalho de 220 horas em regência e a previsão de mais 70 horas suplementares, totalizando 284 horas, agora só falta mesmo o governo pagar os dias parados e os professores voltarem imediatamente para as salas de aula. Chega de greve! Os meninos e meninas paraenses precisam estudar.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *