A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Servidora comenta situação na Setran

Da arquiteta Lúcia Duarte, funcionária da Setran há 30 anos, na caixa de comentários daqui do blog, sobre a postagem “Movimento parado na Setran“: 

O problema é que, no caso da Setran, a situação de inércia ultrapassa os limites prediais do órgão, considerando que a Setran é eminentemente prestadora de serviços essenciais à mobilização intermunicipal e estadual, tendo como obrigação garantir segurança aos usuários. Quando nada acontece, estradas rompem e pontes caem.
O reflexo do descaso são acidentes de baixa, média ou alta proporção, fruto de irresponsabilidade, podendo ser caracterizado como atentado à vida.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *