0
Casa de ferreiro, espeto de pau. Os servidores da Assembleia Legislativa do Pará passam a Páscoa contritos, à espera de uma definição acerca do Plano de Cargos e Salários, prometido para ser implementado em maio do ano passado e que até agora não tem fecho nem desfecho. O Judiciário, o MPE, a Sefa e outros órgãos tiveram seus Planos aprovados nesse ínterim, e os da Casa, necas.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Facilidades europeias

Anterior

Espetáculo multimídia

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *