Hoje, dia 23 de julho de 2021 às 19h, o Instituto Histórico e Geográfico do Pará realizada a nona “Live em Memória” da programação alusiva aos 121 anos do Silogeu, desta vez em homenagem ao centenário de nascimento do Almirante…

A igreja de São Francisco de Assis em Belém do Pará, carinhosamente chamada pelos fiéis de "Capuchinhos", completará cem anos de sua inauguração em 02 de outubro de 2022. A abertura oficial das festividades será com um concerto na igreja…

O trânsito continua matando mais do que muitas guerras. A administradora Gina Barbosa Calzavara, coordenadora dos bosquinhos da Universidade Federal do Pará, fez uma emocionante homenagem à memória do jovem Jean Serique Lameira, esportista do ciclismo e que também usava…

O Laboratório de Engenharia Biológica do Parque de Ciência e Tecnologia - PCT Guamá está estudando o sequenciamento genético do açaí, de modo a assegurar a rastreabilidade de ponta a ponta na cadeia produtiva e padrões de qualidade para os…

Santarém e Oriximiná recebem obras

Escola Tecnológica de Oriximiná. Fotos Rodolfo Oliveira
Entrega do helicóptero em Santarém. Foto Sidney Oliveira

O ginásio poliesportivo de Santarém, projeto voltado para o conceito de obra verde, com a redução de até 80% no uso de madeira, que será capaz de receber 5,1 mil pessoas em acontecimentos voltados não só ao esporte, mas também à cultura e lazer, já está com 60% de sua estrutura pronta. As obras foram vistoriadas hoje pelos secretários especiais de Estado de Proteção e Desenvolvimento Social e de Gestão, Adnan Demachki; de Promoção Social, Alex Fiúza; e de Segurança Pública e Defesa Social, Luiz Fernandes, que entregaram R$ 2,2 milhões em cheques moradia a 194 famílias, além do helicóptero “Guardião 2”, modelo Esquilo B2, que irá atuar em Santarém e nos municípios próximos, auxiliando em operações de segurança pública e em resgate de vítimas e pacientes.  


Com investimento de R$ 10 milhões, o ginásio será o maior do gênero em todo o oeste parauara. A praça esportiva terá duas bilheterias, recepção, saguão de entrada, setor de apoio ao turista, duas lanchonetes, academia de ginástica e academia exclusiva para atletas, sala de arbitragem, estacionamento para 500 carros e palco de 350 metros quadrados e três metros de altura, que poderá abrigar grandes shows. Haverá salas voltadas ao atendimento de segurança, saúde e projeto de acessibilidade, em conformidade aos critérios preestabelecidos pelo Ministério do Esporte e prefeitura. 


As obras do estádio Colosso do Tapajós também estão 60% concluídas. No total, 150 homens trabalham na colocação das estruturas de concreto armado das arquibancadas. R$ 24 milhões estão sendo injetados pelo governo do Estado. O estádio vai ganhar novo centro de treinamento para atletas, vestiários, banheiros para o público, espaço para restaurantes, áreas para lanchonetes, novo sistema de iluminação, estacionamento e elevador que servirá para facilitar o acesso de pessoas com necessidades especiais, à tribuna de honra e à cabine de imprensa. 


A pavimentação de  16 Km de ruas no município, entre elas a Av. Moaçara – que vai até a Santarém/Cuiabá e possibilita interligação ao aeroporto e outras localidades – e Av. Dom Frederico Costa, opção de entrada e saída para o centro da cidade e mais de oito bairros periféricos de Santarém, também foi vistoriada pela comitiva do governo do Estado, junto com o prefeito Alexandre Von(PSDB).


A Escola Tecnológica Profissionalizante de Santarém fica pronta até dezembro deste ano. Com investimento de R$ 5 milhões, a unidade – construída pelo governo do Estado em parceria com o governo federal, via Programa Brasil Profissionalizado – vai oferecer 1,2 mil vagas. Há 17 estabelecimentos desse tipo funcionando no Pará, e mais nove em construção. 


À tarde, a comitiva seguiu viagem para inaugurar a Escola Tecnológica de Oriximiná, com capacidade para atender 1.440 estudantes, que inicia as atividades com a oferta de dois cursos – agropecuária e mineração. O processo seletivo deverá ser feito até o fim deste ano. Serão programados, também, cursos de formação inicial e continuada com 160 h até dezembro. A implantação da escola foi possível graças a parceria entre o governo do Estado e o governo federal. Técnicos da Seduc atuam na sensibilização de lideranças empresariais e da Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA) para agregar atividades produtivas e cursos paralelos à Escola Tecnológica. A construção segue o padrão do MEC: doze salas de aula, seis laboratórios básicos (biologia, química, física, matemática, línguas e informática), auditório, biblioteca, teatro de arena, refeitório, área de vivência, quadra poliesportiva coberta e dois grandes laboratórios especiais para preparação de jovens para o mercado de trabalho, a partir das especificidades regionais. A unidade atenderá também estudantes de Óbidos, Terra Santa, Juruti, Faro, Curuá e Alenquer.

Outra obra de grande significação para Oriximiná é o sistema de captação de água do rio Trombetas, parte de um grande projeto de ampliação e melhoria do Sistema de Abastecimento de Água de Oriximiná, que está sendo executada em parceria entre os governos estadual (via Cosanpa) e federal (via Ministério das Cidades). Mais de R$11 milhões estão sendo injetados.

A construção da Unidade Integrada Pro Paz de Oriximiná, está com inauguração prevista para o final outubro ou início de novembro deste ano. Vinte e três UIPPs já foram entregues e outras 54 estão em processo de licitação e em fase de construção em todo o Pará. Os secretários entregaram, ainda, Cheques Moradia para 61 famílias do município, no total de R$ 643,6 mil.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *