O procurador do Ministério Público do Trabalho Sandoval Alves da Silva tomou posse na chefia da Procuradoria Regional do Trabalho da 8ª Região para o biênio de 2021-2023 enfatizando o papel decisivo do MPT na garantia dos direitos humanos. O…

Prevaleceu o bom senso e o cuidado com as pessoas. O prefeito Edmilson Rodrigues ouviu o secretário municipal de Saúde, Maurício Bezerra, e técnicos responsáveis pela vacinação e enfrentamento à Covid-19, e cancelou os desfiles das escolas de samba, blocos…

Começou hoje (27) às 8h e segue até às 17h a votação nas prévias do PSDB para escolher seu candidato à Presidência da República. O resultado, se tudo correr bem, deve ser anunciado às 20h. O partido passou a semana…

Em uma aula prática da Faculdade de Medicina da Unifamaz, ontem, o professor Marcus Vinícius Henriques de Brito, visivelmente impaciente com a aluna que deveria demonstrar intubação em um boneco, questionou a falta de lubrificação prévia do paciente, ao que…

Salve-nos, quem?

Quando se fala em acesso à Justiça, é preciso, pelo menos, que o cidadão disponha de uma estrutura mínima, conforme manda a Constituição Federal, desde 1998. Entretanto, a realidade é bem diversa.

33 municípios do Pará não têm comarcas judiciárias instaladas: Ipixuna do Pará, Abel Figueiredo, Água azul do Norte, Eldorado de Carajás, Tracuateua, Nova Esperança do Piriá, Cachoeira do Piriá, São João de Pirabas, Trairão, Belterra, Placas, Floresta do Araguaia, Piçarra, Nova Ipixuna, Bom Jesus do Tocantins, Santa Maria das Barreiras, Santa Bárbara do Pará, Quatipuru, Terra Alta, Vitória do Xingu, Curuá, Palestina do Pará, Pau D’Arco, Brejo Grande do Araguaia, Anapu, Cumaru do Norte, São João da Ponta, Bannach, Sapucaia, Canaã dos Carajás, Goianésia do Pará, Juruti, e Jacareacanga.

Segundo of. TJE-PA 1.900/2009 GP, de 10.12.2009, 25 municípios não têm juízes titulares: Acará, Aurora do Pará, Brasil Novo, Bujaru, Chaves, Curralinho, Faro, Gurupá, Ourém, Portel, Santana do Araguaia, São Domingos do Araguaia, Ulianópolis, Alenquer, Itaituba, Monte Alegre, Óbidos, Oriximiná, Viseu e ainda os termos judiciários de Aveiro, Bagre, Colares, Inhangapi, Magalhães Barata e Santa Cruz do Arari.

Para fazer face a essa situação, muitos juízes acumulam várias Comarcas. É evidente que a permanência desses magistrados durante todos os dias nesses municípios é impossível.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *