A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Foram empossados hoje na Assembleia Legislativa do Pará os 41 deputados estaduais eleitos para a 61ª Legislatura (2023-2027). Em seguida houve eleição para a Presidência e a Mesa Diretora, em chapa única, tendo sido reeleito praticamente à unanimidade – por…

O governador Helder Barbalho está soltando a conta-gotas os nomes dos escolhidos para compor o primeiro escalão de seu segundo governo. Nesta quarta-feira será a posse dos deputados estaduais e federais e dos senadores, e a eleição para a Mesa…

Pela primeira vez na história, está em curso  um movimento conjunto da Academia Paraense de Letras, Academia Paraense de Jornalismo, Instituto Histórico e Geográfico do Pará e Academia Paraense de Letras Jurídicas, exposto em ofício ao governador Helder Barbalho, propondo…

Só a educação resolve!

“Eu só vejo uma área que pode ser revolucionária. É a educação. E duplamente revolucionária. Ela é revolucionária quando a gente colocar escola igual para pobre e para rico. Isso é revolução, isso é uma utopia possível. Eu não falo em melhorar a escola. Eu falo melhorar, igualando as escolas. Não há razão para que a escola do pobre seja ruim e a escola do rico seja boa. Tem que ser igual. Esse é um objetivo revolucionário. O outro é cuidar do meio ambiente, porque se a gente não cuida do meio ambiente, não adianta educar todo mundo. Então, se a gente educa todo mundo e tem um bom modelo de desenvolvimento sustentável, a gente vai poder não só quebrar o muro das desigualdades – dando a mesma oportunidade para todo
mundo -, como quebrar o muro do atraso do Brasil em relação aos outros países.
Ao lado disso, é preciso fazer um choque de eficiência. Acabar com o apagão, reduzir a taxa de juros, equilibrar as contas. E precisa enfrentar, emergencialmente, três tipos de problemas: o desemprego, a violência e a corrupção”. (senador Cristóvam Buarque- PDT)

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *