0

Em Oriximiná aconteceu um fato incrível, digno de um filme de Tarantino. No sábado (18), uma senhora caminhava na Rua 24 de Dezembro, quando teve a bolsa surrupiada violentamente, a ponto de lhe quebrar o braço, por um sujeito que fugiu em louca cavalgada pela Trav. Gabriel Guerreiro, chicoteando o pobre cavalo que lhe servia de montaria.

Ato contínuo, dois homens começaram uma perseguição ao bandoleiro em uma moto. O carona, armado com um pedaço de pau, ao tentar acertar o ladrão cavaleiro, bateu três vezes no animal, que já estava sendo açoitado ao máximo, numa velocidade não alcançada pela moto.

Para se livrar dos perseguidores, a certa altura o larápio jogou a bolsa roubada no meio da rua.

Assistam ao vídeo.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Oriximinaense na lista dos 100 líderes climáticos mais influentes nos negócios em 2023

Anterior

Mercado Cinematográfico: Arte, Indústria e Economia

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *