0

O Brasil tem 2.002 condenados por improbidade administrativa. O site do Conselho Nacional de Justiça mostra políticos e gestores públicos processados e julgados em segunda instância por violação aos princípios da moralidade, impessoalidade, economicidade e enriquecimento ilícito no exercício do cargo ou mandato. O banco de dados é público e dá todos os detalhes processuais.

A fonte do índex do CNJ são os cinco Tribunais Regionais Federais e os 27 Tribunais de Justiça dos Estados e Distrito Federal. E todo juiz terá que comunicar também à Justiça Eleitoral a decisão definitiva. Qualquer cidadão pode acessar o Cadastro Nacional de Condenados por Improbidade. Basta digitar o nome ou o CPF do sujeito.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Novela dos precatórios

Anterior

Tem que devolver o dinheiro

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *