0
É uma vergonha o projeto de Dudu, O Ausente, o prefeito oxigênio de Belém, que privatiza o saneamento básico municipal. E uma indignidade o espetáculo degradante protagonizado pelos vereadores na Câmara. Parece que a ex-Cidade das Mangueiras está sofrendo um castigo bíblico. Até quando? A população precisa se mobilizar e mostrar a esses políticos jabutis que quem os pôs lá também pode tirar.
Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Depositário infiel

Anterior

Vale tudo

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *