A sesquicentenária samaumeira que perdeu seus galhos na madrugada desta segunda-feira (6) é memória afetiva de todos os paraenses e até de gente de fora do Pará e do Brasil que frequenta Belém durante o Círio de Nazaré. Localizada em…

O Tribunal Regional Eleitoral do Pará oficializou o resultado da eleição suplementar em Viseu 39 minutos após o encerramento da votação. Foi eleito prefeito Cristiano Vale (nº 11 – PP – Voltando pra Cuidar da Gente) e vice-prefeito Mauro da…

Nem bem foi inaugurado, e ainda faltando a instalação dos bancos e finalização, o calçadão da Avenida Beira-Mar, em Salinópolis, sofreu diversas avarias. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Obras acionou a empresa responsável pela obra, que está executando ações…

A expectativa era grande em relação à ida do governador Helder Barbalho à Assembleia Legislativa para a leitura da Mensagem na instalação da 61ª Legislatura. Funcionou como uma espécie de termômetro da Casa, que abriga novos deputados na oposição, e…

Patrimônio abandonado

O prefeito de Óbidos, Jaime Barbosa da Silva, e a secretária municipal de Cultura e Turismo, Rosângela Lima, têm dez dias para cumprir recomendação da promotora de Justiça Eliane Moreira, para que providencie a conservação, manutenção e o tombamento como patrimônio histórico-cultural do antigo casarão localizado na Rua Doutor Raimundo Chaves, além de informar nome e endereço dos proprietários, a fim de que sejam adotadas as medidas de responsabilidade civil e penal cabíveis a eles.
No lugar, antigamente funcionava a sede da Companhia Francesa. O imóvel é um projeto francês, com detalhes requintados e cobertura em telhas tipo Marselha da Olaria Landi. Hoje o prédio está abandonado e há possibilidade de desabamento – o que representa risco à população, inclusive às crianças e adolescentes que estudam no Colégio São José, localizado em frente ao casarão.

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *