Nesta quinta-feira, dia 21, até o sábado, 23, a Escola do Legislativo da Assembleia Legislativa do Pará oferece os cursos de qualificação e atualização do projeto Forma Alepa/Elepa Itinerante em Santarém, atendendo toda a região do Baixo Amazonas, abrangendo também…

Em reunião conjunta das Comissões de Fiscalização Financeira e Orçamentária (CFFO) e de Constituição e Justiça (CCJ) da Assembleia Legislativa, nesta segunda-feira (18) foi aprovado o projeto de lei nº 363/2021, que autoriza o Governo do Pará a contratar operação…

Não houve o célebre círio fluvial de Oriximiná no rio Trombetas este ano, por causa da pandemia, mas a imagem de Santo Antônio flanou pelas águas, levada pela comunidade de várzea do Rio Cachoeiry, que celebrou o verão depois da…

Aprender mais sobre as boas práticas Lixo Zero e como aplicá-las no dia a dia, repensando hábitos de consumo e inspirando a população a enxergar os seus resíduos com dignidade é o que propõe a programação que acontecerá entre os…

Pará 2030 vira projeto de lei e vai à Alepa

Foto: Antonio Silva
Para alavancar a economia e o desenvolvimento social, o projeto Pará 2030 elegeu 12 cadeias produtivas prioritárias, com destaque para o agronegócio, agricultura familiar, pesca e aquicultura, atividade florestal, biodiversidade, mineração, serviços ambientais, logística, energia, turismo e gastronomia. Após expor o projeto e ouvir a opinião dos deputados estaduais, ontem à tarde, o governador Simão Jatene concluiu que o ideal é que essa proposta se traduza em um projeto de lei e assim, uma vez aprovado,  vire política de Estado de modo que – qualquer que seja o partido que assuma o comando do governo ou seja majoritário na Assembleia Legislativa – funcione como política pública efetiva e consistente. 

Ao longo da semana o “Pará 2030” ainda será apresentado a diversos segmentos da sociedade e o lançamento oficial está marcado para a terça, dia 29, no Hangar Centro de Convenções da Amazônia. A partir de então, serão colocados em prática 1.400 marcos decisivos com o propósito de elevar a renda per capita do Estado em 5.3%, a cada ano, até 2030. Entre as ações figuram investimento em pesquisa e desenvolvimento, capacitação técnica, melhoria dos métodos de produção e atração de novos negócios, conforme detalha o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, Adnan Demachki: 

“Diagnosticamos vinte e três oportunidades de valor e elegemos doze prioritárias, com foco em um crescimento da economia paraense em torno de 5.3% ao ano, para que até 2030 possamos igualar a renda per capita do Pará à da média nacional. Além disso, o Pará 2030 é um planejamento dinâmico e, como tal, leva em consideração as contribuições de todos nele envolvidos”. 
O presidente da Alepa, deputado Márcio Miranda(DEM), avaliou positivamente a iniciativa e propôs que no segundo semestre o Legislativo assuma o debate. Os deputados de oposição também se manifestaram de acordo. “Poucas vezes vi um detalhamento de ações que nos levam a entender o esforço que foi feito para pensar para além do dia que estamos vivendo hoje. Esse projeto é um bom caminho para o debate e o que depender da bancada do PT nós estaremos abertos para contribuir e oferecer nossas sugestões. O momento do Brasil exige despojamento dos homens públicos, para que nós possamos construir consensos que sejam efetivamente de benefício para a sociedade”, ponderou Carlos Bordalo. 

Participaram do encontro também os deputados Eliel Faustino (DEM), líder do Governo; Fernando Coimbra (PSL),   1º vice-presidente da Alepa; Raimundo Santos (PEN), ouvidor e presidente da Comissão de Constituição e Justiça; Júnior Hage (PDT), presidente da Comissão de Fiscalização Financeira e Orçamento; Ana Cunha (PSDB), 1º secretária;  Eliane Lima (PSDB), Miro Sanova (PDT), Antônio Tonheiro (PDT), Haroldo Martins (DEM),  Coronel Neil Duarte (PSD), Pastor Divino (PRB), Cilene Couto (PSDB), Júnior Ferrari (PSD), Milton Campos (PSDB), Hilton Aguiar (SDD); Olival Marques (PSC), Jaques Neves (PSC), Wanderlan Quaresma (PMDB), Sidney Rosa (PSB) e Dirceu Ten Caten (PT).

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on vk
Share on tumblr
Share on pocket
Share on whatsapp
Share on email
Share on linkedin

Conteúdo relacionado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *