0

A governadora Ana Júlia Carepa vai enviar Projeto de Lei à Alepa instituindo gratificação para policiais civis e militares pela apreensão de armas. Também estuda mecanismos legais para transformar o quinquênio em anuênio, incorporado ao soldo, e garantiu destacar mais recursos para jornadas extraordinárias no interior, além de assegurar cursos de graduação para formar sargentos, promovendo mil cabos até o final deste ano. 2.500 PMs e 500 bombeiros serão beneficiados com o programa Minha Casa, Minha Vida. Projeto de Lei vai reestruturar a carreira do Corpo de Bombeiros.


O Igeprev coordenará grupo de trabalho, com participação das instituições militares, para estudar a criação de um Fundo Previdenciário Militar, em regime de capitalização, e, dessa forma, desvincular a aposentadoria por reforma ou reserva da norma previdenciária geral do Estado.


A governadora concedeu abono em R$ 500 a delegados, R$ 200 aos demais policiais e R$ 100 para auxiliares administrativos. E prometeu a retirada gradual de presos das delegacias, à medida em que as obras que aumentam vagas no sistema penitenciário sejam concluídas. De imediato, serão abertas 350 vagas na Susipe.

Franssinete Florenzano
Jornalista e advogada, membro da Academia Paraense de Jornalismo, da Academia Paraense de Letras, do Instituto Histórico e Geográfico do Pará, da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo e do Instituto Histórico e Geográfico do Tapajós, editora geral do portal Uruá-Tapera e consultora da Alepa. Filiada ao Sinjor Pará, à Fenaj e à Fij.

Voto para presidente da República

Anterior

Índios e o clima

Próximo

Vocë pode gostar

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *